Caravana Eros Impuros

Itinerância do espetáculo brasiliense de mesmo nome, o projeto discute o abuso sexual a menores, com o Prêmio Myriam Muniz. Percorreu as cidades de Rio Branco, Macapá, Porto Velho, São Paulo, Natal, Porto Alegre, São Luiz, Fortaleza, João Pessoa, Belém, Curitiba, Belo Horizonte, Salvador, Recife, Brasília, Goiânia e Vitória. Além da peça, o projeto desenvolve a Oficina  “Exercício da Crítica Teatral” e o Painel de debate “A arte diz Não ao abuso sexual à criança e ao adolescente”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *