Festival de Teatro Brasileiro

O projeto Festival do Teatro Brasileiro (FTB) foi criado por Sérgio Bacelar, sócio proprietário da Alecrim Produções Artísticas, e um dos fundadores do Instituto Bem Cultural (IBC), com a corealização, cooprodução e coordenação do Festival, a cargo do IBC a partir do ano 2012. É um projeto de circulação interestadual que propõe a aproximação cultural entre os estados brasileiros. Tecnologia Social consolidada ao longo de 15 edições, desde 1999 foram realizadas a Cena Baiana no DF, PE, CE e MA; a Cena Mineira no DF, RJ, SP, PR e RS; a Cena Pernambucana no DF, SE e BA; a Cena Cearense em MG e ES; a Cena Gaúcha no DF e GO;  a Cena Paranaense no RS e em SP;  a Cena Distrito Federal no MS; e uma edição especial de Teatro de Rua no DF. Nestas edições foram realizadas 563 apresentações de 164 espetáculos. Um total de 41.300 alunos da rede pública participou gratuitamente dos programas sócioeducativos; cerca de 1.920 profissionais frequentaram as oficinas. Foram gerados mais de 2.500 empregos temporários. O projeto articula e dialoga com o governo local e estadual, através de suas diversas secretarias, sobretudo, as de educação, habitação, cultura, esporte e assistência social, além de contar com coordenação geral e pedagógica e equipe de arte-educadores.

O FTB é uma iniciativa singular no Brasil que promove a circulação de espetáculos de Teatro, Dança e Circo. A partir de um recorte curatorial, um grupo de criadores, artistas, técnicos e produtores de um determinado estado, que a cada edição envolve um grupo de profissionais que variam entre 70 a 160, se deslocam para outras unidades federativas, não só para apresentação de espetáculos, mas também para a troca de conhecimentos, tecnologias e fortalecimento da rede teatral no Brasil.

Além das apresentações, são realizadas rodadas de negócios entre artistas e programadores de festivais, residencias artísticas, oficinas de qualificação profissional, encontros informais entre os artistas e grupos do estado que é o objeto da Cena e os artistas e grupos do estado que esta recebendo o projeto.

Uma tecnologia que se destaca é chamada de Ação de Formação em Três Movimentos. Esta ação, coordenada pelo professor, pesquisador, dramaturgo e diretor de teatro, doutorando e Mestre em Arte pela Universidade de Brasília, Glauber Coradesqui, tem apresentado resultados transformadores para os profissionais envolvidos e os alunos que dela participam. A partir da escolha de um determinado espetáculo, são elaborados: cartilha para os professores dos alunos que participarão da ação, em média 900 alunos e 30 professores por cidade, material para capacitação dos arte educadores selecionados e contratados pelo projeto, em média 12 profissionais por cidade,  bem como jogos que serão desenvolvidos com os alunos no intuito de prepara-los para apreciação do espetáculo e reflexão sobre a vivencia.

Abaixo o link do registro videográfico do Trabalho do Festival de Teatro, para conhecimento: https://www.youtube.com/watch?v=bUroIfBbw6M

https://www.dropbox.com/s/na1b4uaijfzfcuc/FTB%20cena%20paraibana%20HD%20com%20cr%C3%A9ditos.mov?dl=0

 

Acesse o site

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *